quarta-feira, 17 de setembro de 2008

Dropes do dia


Messias Franco: muito "palpiteiro" na Amazônia

O Presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) deu uma entrevista ao Globo Amazônia, em 10 de setembro, dia anterior à sua tentativa mal sucedida de responder as questões sobre o Madeira no Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA). Continua

Nessa entrevista ele diz que tem muito "palpiteiro" na Amazônia.  Pior, define a Amazônia como “um grande baixadão” com  muita água que é “energia em estado puro” e ainda caracteriza de farisaísmo os questionamentos sobre as hidrelétricas na região.

Para legitimar as grandes obras do PAC  na Amazônia e favorecer grandes empreendedores, nada melhor para o governo que a pusilanimidade de um presidente do órgão licenciador que apregoa ser necessário que alguns sofram os danos decorrentes de mega-hidrelétricas para que “todos saiam ganhando”. Lamentável

Eclusas

As eclusas para navegação deveriam ser construidas simultaneamente às hidrelétricas. Isso é o que diz o o PL n° 3009/97 que tornaria obrigatória essa prática, mas que não foi aprovado. 

Em 2005 a Casa Civil da Presidência da República impediu a tramitação desse projeto e agora, em julho de 2008, o Tribunal de Contas da União (TCU) está pedindo explicações. Deu um prazo de 60 dias para que a Casa Civil se manifeste e explique uma certa reunião ocorrida em 2005 em que foram convocados os Ministérios do Meio Ambiente, Minas e Energia e dos Transportes onde ficou decidido que o PL não tramitaria no congresso. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário