terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Hidrelétrica Santo Antônio: peixes continuam morrendo no rio Madeira




Depois de vários dias, os peixes nas obras da usina de Santo Antônio, no rio Madeira, continuam morrendo por falta de oxigenação. O trabalho de salvamento dos peixes nas ensecadeiras da margem direita é feito toscamente e por funcionários despreparados. O procedimento que deveria ser executado com um mínimo de tecnologia e equipamento adequado pela MESA, consórcio formado por Furnas e Odebrecht, que contrói a primeira usina na cachoeira de Santo Antônio, é um verdadeiro desastre. Leia mais e veja as imagens...

Para fazer o salvamento dos peixes, o consórcio contratou uma  equipe da UNIR (Universidade Federal de Rondônia) que, pelo visto,  não tinha experiência suficiente. Faltou supervisão e faltou responsabilidade. 

Consegui algumas imagens que mostram como são colocados os peixes numa caçamba inapropriada, semi-mortos,  e o procedimento de oxigenação da água é feito com uma mangueira. Aeradores, pelo visto, não existem. Os responsáveis pelo crime ambiental serão investigados pelo MPF, que já está com o parecer do Ibama. 

 Fotos: Jota Gomes, Porto Velho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário