São Paulo: lançamento do documentário e debate sobre Belo Monte

Após a apresentação do documentário premiado no Festival de Cinema de Paulínia (SP), À Margem do Xingu – Vozes não Consideradas, haverá um debate com o procurador do MPF do Pará, Felício Pontes Jr. e o Diretor do Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP, professor Ildo Sauer.

Nesta quarta-feira, 14 de setembro, às 20h, acontecerão em São Paulo o lançamento do premiado documentário À Margem do Xingu – Vozes não Consideradas, e uma mesa de debate com o procurador do Ministério Público Federal no Pará, Felício Pontes Jr. e o ex-diretor da Petrobras e professor do Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP, Ildo Sauer. O evento faz parte do Setembro Verde, do centro cultural Matilha Cultural, e é co-organizado pelo Movimento Xingu Vivo para Sempre.

 Sobre o documentário

Prêmio do Júri Popular de melhor documentário do Festival de Cinema de Paulínia 2011, o documentário de 90 minutos À Margem do Xingu – Vozes não Consideradas, dirigido pelo espanhol Damià Puig, retrata o encontro com moradores da bacia do Xingu que serão atingidos pela construção da hidrelétrica de Belo Monte. Relatos de ribeirinhos, indígenas e agricultores, habitantes da região de Altamira, no Pará, e de especialistas das áreas energética, jurídica e ambiental, compõem parte desse complexo quebra-cabeça. São reflexões sobre o passado obscuro desse polêmico projeto e que elucidam o futuro incerto da região e destas pessoas às margens do Xingu.

 Sobre os debatedores

Autor de 12 ações contra o projeto de Belo Monte e um dos maiores especialistas nos problemas jurídicos e socioambientais da usina, Felício Pontes Jr. é procurador do Ministério Público Federal no Pará desde 1997. Foi Procurador Regional dos Direitos do Cidadão, Procurador Regional Eleitoral e Procurador-chefe do MPF em Belém. Atualmente, atua em casos de improbidade administrativa e na proteção ao meio ambiente e aos direitos indígenas, de quilombolas, populações tradicionais e outras minorias.

Diretor do Instituto de Eletrotécnica e Energia da USP, Ildo Sauer, Ph.D. em Engenharia Nuclear pelo MIT, foi diretor de Gás e Energia da Petrobras entre 2003 e 2007 e gerente de projeto do circuito primário do reator nuclear da Marinha (1986-89). Atualmente atua e desenvolve pesquisas nas áreas de Análise Econômica e Institucional de Sistemas Energéticos, Planejamento integrado de recursos e energia, e Sociedade e meio ambiente, entre outros.

 Serviço:
Lançamento de documentário e debate sobre Belo Monte
Quando: dia 14 de setembro, quarta feira
Onde: Matilha Cultural, Rua Rego Freitas, 542 – São Paulo
Horário: às 20h (filme) e às 21h45 (debate)

Mais informações:
Daniela, Matilha Cultural – 11 3256-2636

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O Cordel da Energia

A Amazônia e a Reserva Nacional de Cobre e Associados (RENCA)

Um golpe chamado Belo Monte - Parte 3